.

Cientista de Dados: o que faz e como se tornar um profissional?

Tecnologia

A era digital criou milhares de profissões que não eram possíveis no passado. A existência dos computadores e da internet demandou que as pessoas dependessem das máquinas, mas também que os dispositivos dependessem de pessoas.

E dentro deste universo em expansão, uma quantidade imensurável de informações foram sendo criadas, abrindo espaço para ainda mais profissões. Uma delas é a do Cientista de Dados, especialistas analíticos que coletam e interpretam informações para resolver problemas.

Quer saber o que um Cientista de Dados faz? Quanto ele ganha e como se tornar um profissional? Acompanhe com a gente:

O que faz um Cientista de Dados?

 Shutterstock 

Um Cientista de Dados nada mais é do que um profissional que se debruça sobre um nível extremamente grande de informações com o objetivo de coletar, filtrar, cruzar e interpretar cada detalhe para, principalmente, resolver problemas.

Além da necessidade de resolver erros, esse trabalhador também tem a capacidade de identificar possíveis complicações antes mesmo delas acontecerem.

Após a etapa da coleta, é muito comum que o Cientista também crie relatórios em que organizam os dados identificados, os problemas e suas possíveis soluções. O documento pode atuar como um marco de aprendizado para ele e para o restante da equipe, especialmente para comparar no futuro e criar uma rede de proteção de dados.

Além disso, essa documentação serve como base para a tomada de decisão estratégica da gestão e da equipe. De uma informação somada a outra informação, surge uma terceira que possibilita encontrar a melhor correção para determinada situação.

É por isso que um Cientista de Dados acaba não se resumindo a uma área só. Esse tipo de serviço ganha cada vez mais espaço em empresas que trabalham com muitas informações e precisam de alguém que saiba filtrá-las, identificar a importância, mantê-las seguras, compará-las e entregá-las com qualidade suficiente para que outros possam tomar decisões.

Quanto ganha um Cientista de Dados?

O salário de um Cientista de Dados pode variar muito, especialmente por conta da sua presença em diversos tipos de setores e empresas. Segundo profissionais cadastrados dentro do site vagas.com, a média salarial deste profissional é de R$ 6.144,00.

.  Vagas.com | Divulgação 

Outra variação que pode ocorrer é a de hierarquia. Um profissional em início de carreira começa ganhando cerca de R$ 4.585,00 e pode aumentar conforme sua experiência, chegando em R$ 8.170,00.

Como ser um Cientista de Dados?

Fonte:  Shutterstock 

Se um Cientista de Dados pode trabalhar em qualquer empresa de qualquer setor, então qual seria a melhor formação para se tornar um um profissional? Como ser um Cientista de Dados? O que eu preciso saber e estudar?

A formação mais comumente associada ao da ciência de dados é a Ciência da Computação, responsável por trazer algumas das principais habilidades necessárias para alguém se tornar especialista em dados.

Porém, essa não é uma regra. Muitos profissionais podem se desenvolver a partir do T.I, desenvolvimento e programação web, matemática, estatística, e até mesmo marketing e finanças, por exemplo.

Isso porque o Cientista de Dados não respeita o espectro todo do que um profissional como ele pode fazer. Existem aqueles que participam mais da gestão (da parte decisiva), da parte mais funcional e técnica que é a de coletar os dados e do meio do caminho, analisando o que foi coletado e fazendo relatórios para o restante da equipe ajudá-lo a interpretar.

Então, em uma camada tão extensa de possibilidades para um profissional cada vez mais procurado, vagas não faltam. A necessidade maior está em encontrar Cientistas de Dados capacitados e com até mesmo criatividade suficiente, tudo para poder explorar uma onda quase infinita de detalhes.

Muitos Cientistas de Dados podem ser os primeiros da área a atuar na empresa, o que expõe a necessidade de estudar e se especializar em alguns pontos, como:

  • Machine Learning: como as máquinas – a inteligência artificial – podem ser capazes de aprender com os dados que você oferece;
  • Deep Learning: área da pesquisa de machine learning ligada à robótica, que permite aprendizagens mais complexas;
  • Linguagem Python: alguns Cientistas de Dados estudam esse linguagem de código diretamente ligada ao manejo de dados e machine learning;
  • Preparação de dados: entender o processo de conversão dos dados brutos em um informações de melhor compreensão;
  • Reconhecimento de padrões: ser capaz de identificar quais dados devem ser coletados para comparar e cruzar;
  • Text analytics: análise de dados textuais, onde se examinam dados não estruturados para reunir os principais insights de negócios;
  • Visualização dos dados: como eles são apresentados e como as outras pessoas da equipe conseguem entendê-los.

Ficou ainda mais interessado na Ciência de Dados? Essa área diretamente ligada à tecnologia faz parte do conhecimento que está transformando o nosso planeta. Estude, fique sempre atento às notícias e nunca encerre sua vontade de aprender para ser um profissional de sucesso!

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *